Inicial >> Notícias e eventos >> 14th January 2015

O ano de 2014 no LTM

14 de janeiro de 2015

 

Como já era antecipado, 2014 foi o melhor ano da história do LTM, sendo marcado pelo reconhecimento externo à excelência do trabalho realizado e pela projeção alcançada tanto a nível nacional quanto internacional. Alguns dos acontecimentos importantes que marcaram esse ano foram:

 

Premiações

 

Em abril Rodrigo recebeu a principal distinção para um jovem pesquisador a nível internacional na área de tecnologia mineral: o MEI Young Person´s Award Author´s 2013, criado pela MEI International. O prêmio foi entregue na solenidade de abertura do Comminution 2014, realizado em Cape Town.

Os prêmios de Rodrigo não pararam por aí! Em outubro ele recebeu Menção Honrosa no Prêmio CAPES de Teses na área de Engenharias II pela sua tese defendida em 2013 e orientada por Marcelo com título “Mechanistic Modeling of Semi-Autogenous Grinding”.  Nesse mesmo mês Rodrigo recebeu o Young Author´s Award no XXVII International Mineral Processing Congress (Santiago, Chile).

Ainda em outubro, Marcelo recebeu a 3ª colocação no Prêmio de Inovação ABM, comemorativo do 70º aniversário da associação. O trabalho, intitulado “Simulação da degradação mecânica de pelotas de minério de ferro durante o manuseio e transporte”, ainda contou com a participação do Rodrigo, além de parceiros da Samarco Mineração, incluindo Maciel, que é hoje aluno de mestrado no LTM.

Daniel surpreendeu positivamente a todos – e certamente a seus concorrentes, vários deles já doutores – ao alcançar a primeira colocação do Brazil Young Persons´ Lecture Competition, IOM3, The Institute of Materials, Minerais and Mining.

Por fim, Gabriel alcançou a 3ª colocação no DEM Visualization Competition da DEM Solutions.

 

Dissertações/teses

 

Emerson defendeu tese de doutorado sobre modelagem matemática do britador de impacto de eixo vertical.  Luciane defendeu tese sobre aproveitamento de resíduo de construção e demolição ultracominuídos, em trabalho realizado em parceria com o LabEst. 

Armando, que atua na Vale, concluiu seu mestrado na University of Queensland, co-orientado pelo Marcelo, em trabalho tratou da modelagem matemática da moagem semi-autógena de minério de ferro. Juliana defendeu dissertação sobre a comparação de rotas de cominuição de minério de ferro usando conceitos de sustentabilidade, abrindo uma nova área de atuação do LTM. Lígia defendeu dissertação de mestrado sobre separação magnética de minérios de ferro itabiríticos. Adail, que atua na Anglo American, concluiu seu mestrado sobre modelagem da filtragem cerâmica de minério de ferro, já tendo tido oportunidade de aplicar os conhecimentos gerados no seu trabalho na otimização da operação em Porto Açu, onde é coordenação da filtragem. 

Por fim, Rodrigo concluiu seu pós-doutorado no LTM, sendo o primeiro dessa modalidade no laboratório.

 

Equipe

 

Enquanto alguns alunos encerraram a sua participação no LTM e seguiram seus próprios caminhos, vários outros se integraram ao laboratório em 2013. Lígia agora é pesquisadora do CETEM, enquanto Luciane é professora na UERJ, no Departamento de Engenharia Civil. Por outro lado, entraram no mestrado em tempo integral Narcés e Carolina, enquanto iniciaram seu curso em tempo parcial Maciel (Samarco) e Mateus (NewSteel), Yan (Thyssen-Krupp) e Milene (SubSea7). A nível de doutorado, Juliana foi admitida ao doutorado no início do ano. Emerson agora é bolsista de pós-doutorado no LTM.

Coroando seus 11 anos no LTM, quando foi aluno de IC, projeto final de curso, mestrado, doutorado e pós-doutorado, Rodrigo se tornou membro do quadro docente permanente ao ser aprovado em concurso público e ao ter tomado posse no Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da UFRJ. Imediatamente, foi também admitido na COPPE, sendo professor pleno, com prerrogativas de orientar alunos de pós-graduação e coordenar projetos. Parabéns Rodrigo!

A contribuição e a dedicação incontestáveis do Rangler nos seus 8 anos de LTM foi reconhecida no churrasco comemorativo do laboratório, quando recebeu um Ipad da chefia do laboratório!

 

Colaboração internacional

 

A inserção internacional do LTM ficou evidenciada de várias maneiras. Rodrigo e Marcelo, com apoio do Pedro e de vários outros membros da equipe, organizaram o Workshop Anual da ICRA (International Comminution Research Association). O evento, realizado no Ferradura Private Resort de Búzios (RJ), foi um grande sucesso, contanto com a participação de 26 delegados. 

Além disso, recebemos visitas de vários pesquisadores de instituições com as quais colaboramos ao redor do mundo, incluindo Austrália (JKMRC – Malcolm Powell, Marko Hilden, Ben Bonfils e Fatemeh), África do Sul (Univ. Cape Town – Aubrey Mainza e Indresan Govendar), Alemanha (Technishe Universität Braushweig – Greta) e França (IFFSTAR – Bogdan Cazacliu).

Marcelo foi empossado como Chairman do Global Comminution Collaborative (GCC) para o período de 2014-2015, sendo responsável pelo estabelecimento do plano estratégico do grupo para o futuro.

 

Projetos

 

Marcelo e Malcolm do JKMRC organizaram e coordenaram em Conceição do Mato Dentro (MG) o Technology Transfer Workshop do Anglo American Centre for Sustainable Comminution. Participaram desse workshop representantes de todos os membros do GCC, além de vários representantes da empresa. Durante o workshop foi também realizada visita à usina de Minas Rio.

Os tradicionais projetos AMIRA P9P e o do Anglo Centre continuam em andamento, representando parcerias já consolidadas. Projetos também continuam em andamento com outros parceiros tradicionais, como a Samarco, a Vale e a Taboca. Por outro lado, projetos foram iniciados com novos parceiros, em particular com a GE Global Solutions, recentemente instalada no Parque Tecnológico, e com a Petra Agregados, essa última marcando a retomada da atuação do grupo na área de agregados. 

Rodrigo obteve aprovação de seus dois primeiros projetos de fomento: um no edital Universal do CNPq e outro na FAPERJ. Marcelo também obteve aprovação de projeto no edital do CNPq. Apenas para mostrar a importância, esses foram dois dos três projetos aprovados de todo do PEMM em 2014 no CNPq! 

 

Publicações

 

Publicações são uma parte importante para um laboratório de pesquisa e desenvolvimento. Publicamos dois artigos em periódicos internacionais e 15 em congressos nacionais e internacionais. Além disso, Marcelo apresentou palestras convidadas em dois congressos internacionais no México. 

Expectativas para 2015

Com a ótima equipe que temos esperamos alçar voos ainda mais altos no próximo ano. Por exemplo, se tudo correr bem, teremos um total de 6 defesas de mestrado/doutorado em 2015, batendo todos os recordes no LTM. Temos desafios importantes, mas grandes oportunidades de consolidarmos ainda mais nossa posição em 2015, apesar do ambiente incerto no país e na indústria. A conclusão bem sucedida de projetos importantes, como o P9P e o do Anglo Centre, é prioritária. A retomada da atuação do grupo na área de cimento e agregados faz parte da visão estratégica do LTM para o próximo ano. 

A atuação agora de dois docentes em tempo integral também deverá permitir ampliar ainda mais os trabalhos do grupo. 

© 2015 Laboratório de Tecnologia Mineral

Laboratório de Tecnologia Mineral

​DMM-PEMM/COPPE/UFRJ 
DEPARTAMENTO/PROGRAMA DE ENGENHARIA METALÚRGICA E DE MATERIAIS 

Cid. Universitária-Centro de Tecnologia – Bloco F, sala F-214 Ilha do Fundão

Rio de Janeiro, RJ - Brasil

Caixa postal: 68505, CEP: 21941-972

Tels.: +55 (21) 2290-1544